quinta-feira, 18 de outubro de 2012


Tem dias que é tão frustante ser mulher, principalmente, quando depois de um dia difícil nos sentimos fragilizadas e carentes e  o desejo de um abraço, de um carinho, converte-se em lágrimas e toda aquela máscara tão cuidadosamente confeccionada desfaz-se em meio ao pranto e percebemos que bastava saber que não está sozinha para sentir-se segura e protegida.
É difícil ser mulher, mãe, profissional e manter a postura de forte e indestrutível
E quando pensa-se o quanto é forte vem a constatação do quanto é frágil e insegura.

Nenhum comentário: