sexta-feira, 27 de abril de 2012


Devo estar ficando muito tempo na internet e tenho visto coisas que tem feito com que eu pense: “Que tipo de seres humanos somos nós?”
Após ter-me “enfiado” em sites de namoro só vejo coisas do tipo:
“gosto de gordinhas” “gosto de mulheres mais velhas” “gosto de negros” “ gosto de pés” ...
As pessoas não deveriam gostar uma das outras? As pessoas não deveriam conhecer-se “de verdade”? Pensamentos, sentimentos, sonhos, vida e apaixonar-se, apesar de serem obesas, feias, mais velhas ou mais jovens, negras, amarelas...
Que mundo é esse?
Vivemos num país pobre, pobre financeiramente, culturalmente, sem educação, e pelo que vejo também sem sentimentos verdadeiro e rico em pessoas preocupadas com “Rótulos”.
Se, alguém passasse longos meses “conhecendo” outro alguém, sem ver foto, sem web cam, somente ouvindo a voz e apaixonando-se a cada dia por aquele ser que não faz ideia de como seja e quando o momento de encontrar-se se depara com alguém que não “encaixa-se” no seu estereótipo desejado, vai deixar de amar imediatamente? Aí vai dizer, não era amor, foi uma ilusão, uma fantasia... Hipocrisia. Preconceito. Racismo. Culto à beleza. Nós somos assim. Somos feios, mesquinhos, pequenos, não nos contentamos em suprir o vazio da alma, queremos nos “exibir”, satisfazer o ego...
Não vejo alguém que coloca em seu perfil, “gostaria de encontrar uma mulher boa, que tenha bons sentimentos, que tenha educação, moral e seja sensível. Procuro alguém que goste de conversar comigo e me entenda e que tenhamos sonhos em comum, desejos semelhantes. Que ficar juntos nos baste. Não importa a cor, a raça, o credo, a condição social ou a aparência física desde que o amor desperte entre nós...”
É triste e feio ver em que nós seres humanos nos transformamos.
Bianca Carla

Um comentário:

JP Josué Rocha disse...

Voltei para saber das novidades. Seu blog é o meu favorito.
Nova post lá no blog, passa lá.
http://jpbigblog.blogspot.com.br/